quarta-feira, 10 de março de 2010

Casamento entre Japonês e Personagem de Video-Game

A notícia é de dezembro de 2009, mas tem uma repercussão mundo afora.

***

Quando você já pensa que já viu de tudo, aparece outra coisa pra te fazer repensar os valores e os conceitos que a sociedade tem, nesse caso especificamente sobre o relacionamento e família.
Esse video foi mostrado em aula que tive hoje aqui na Unicamp sobre a questão dos valores e conceitos que temos sobre as coisas.

O cara que se casou com uma personagem do video-game fala que quer ver o dia que as pessoas possam se casar com quem elas bem queiram. Logo várias questões surgem desse registro "estranhésimo" no relacionamento moderno:

1)Qual o Limite entre o Real e Virtual a tal ponto de alguém se casar com alguém de video-game?
2)O conceito que temos sobre a família tradicional é lógico que não se aplica ao que vemos aqui, mas qual o conceito deveríamos aplicar pra que esse casamento fosse aceito em nossa sociedade?
3)Precisamos aceitar isso como casamento?
4) Seria preconceito de nossa parte menosprezar o amor do Japonês pela personagem?

Bem, seria muito fácil falar que esse japonês é maluco, mas o professor que deu a aula explicou que os conceitos mudam mais rapidamente do que o pensamento de algumas pessoas que compõem o contemporâneo.



3 comentários:

Denise disse...

É... tem gente que leva a vida virtual a sério demais... hehehehehe

[]s

Lidia Ferreira disse...

Bom meu anjo rsrs concordo com a Denise o amor virtual e uma coisa seria rsrs mas o amor virtual que as pessoas sente e por outra pessoa , agora por desenho ? peço desculpa ao seu professor , mas esse menino tem que ir ao medico o mais depressa possível rsrs
bjs

balasalgada.net disse...

Mas que coisa mais bizarra! Porque, só ela quer ele???

hehehe

Beijão!