sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Menina chinesa morreu depois de ser atropelada 2 vezes e ignorada por 18 pessoas.

Foi verdade!

Pra mim foi o cúmulo da indiferença, e você o que acha?

Um caminhão passa por uma menina como se ela fosse um saco de batata. Tudo levaria a crer que foi um acidente, mas logo depois podemos desconfiar que foi um assassinato coletivo.

Uma motoqueiro desvia do "empecilho" como se fosse estragar a moto. Quem poderia ajudar essa menina tão indefesa?
Várias pessoas passam por ela como se ela não existisse!

Não enxergaram? Não creio!

Elá já se mostra desesperada quando outro caminhão a atropela.

Foram insensíveis e sabem por quê!? Na China não valorizam filha menina... chegam a matar as bebês.

Demorou 18 indiferenças para que uma mulher chegasse desesperada. Levou-a para o hospital mas infelizmente a garotinha morreu!

2 comentários:

Patricia disse...

Este video é chocante! Porém existem agravantes que, por não vivermos na China, não conhecemos. Sei de um caso que circulou no news de um rapaz que ajudou uma senhora que caiu de uma escada e quebrou a bacia. Levou-a ao hospital e tudo mais. A velhinha não tendo como pagar o tratamente, simplesmente decidiu processar o rapaz que a ajudou, dizendo que ele a tinha empurrado. Na hora dele se defender, a única coisa que ouviu foi "pq vc ajudou se não foi vc que a empurrou"? No final o rapaz teve que arcar com as contas, mesmo sem ter tido culpa nenhuma. Complicado né? Alguns países contam com uma lei de "proteção ao bom samaritano", ou seja, a pessoa que ajuda alguém num momento destes esta isenta de qualquer processo judicial. Na China esta lei não existe, logo ao ajudar alguém vc corre o perigo de ser processado. É muito triste o que aconteceu com esta criancinha, e espero que isso sirva de exemplo e eles passem a implementar uma lei que proteja o bom samaritano.

Denise disse...

A sociedade chinesa tem seus valores, assim como temos as nossas. É óbvio que o vídeo é chocante, mas será que somos tão 'superiores' assim para condenar os chineses? Como eu disse no facebook há tempos, o problema está na raça humana. Infelizmente. É triste isso...