terça-feira, 18 de outubro de 2011

Violência no Mc Donalds - Funcionário bate em mulheres com barra de ferro em Nova Iorque - EUA

Engana-se quem acha que violência por bobeira só acontece só no Brasil.

Um funcionário agrediu com barra de ferro duas mulheres em Nova Iorque depois que elas invadiram o limite do balcão que o rapaz trabalhava.

Antes de invadirem, as mulheres teriam discutido com ele pelo fato de não aceitar uma nota de 50 dólares. O funcionário desconfiava que a nota era falsa.

Depois do acontecido, o funcionário voltou preso agora em flagrante. Já tinha sido um presidiário e o Mc Donalds tinha dado uma chance ao rapaz.

As mulheres, mesmo feridas, também responderão pelas ameaças verbais e por um tapa dado na cara do coitado. Os crimes delas seriam ameaça, má conduta e invasão de estabelecimento.

Até agora não fiquei sabendo pelos meios de notícia se realmente a nota era falsa.

Apesar dessa vergonha, não é a primeira vez que acontece violência dentro de uma lanchonete do Mc Donalds. Do mesmo modo, em outro vez, ninguém fez nada na hora, talvez por não terem gente no momento dos episódios. Ou será que saíram?



Há um outro caso envolvendo duas mulheres, neste bateram em uma travesti:

http://www.liveleak.com/view?i=ec0_1303444048

2 comentários:

Patricia disse...

Violencia é um problema mundial. As garotas quiseram bancar "gangsta" e não contaram que o funcionário iria se defender. O caso da agressão ao transexual (transexual é pos-operado, travesti é pré) é triste tb, mas as agressoras foram processadas.

Denise disse...

Vivemos em uma sociedade violenta... Não é de se espantar um vídeo desses. Agora, vamos combinar, as mulheres procuraram não? Óbvio que não justifica, mas podemos tentar entender...