sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Constatado: bactéria da Activia da Danone tem sido encontrada em fezes humanas mas não faz mal(2)

Muitas pessoas chegam aqui no site INDICOESSE pelas palavras ACTIVIA FEZES nos mecanismos de buscas porcausa de uma postagem que fiz: aqui. E hoje eu vou poder falar mais a vocês do que eu encontrei. A Danone não vai poder me processar porcausa disso, visto que encontrei textos falando e entendo ser a mais pura verdade - que a danone quer tanto esconder.

Reclamaram e mandaram mensagem dizendo que a wikipedia não serve como referencial, já que eu disse que a wikipedia americana(olhe bem) e não a brasilieira comentou que há uma crítica crescente à Danone porque ela usa bactérias encontradas em fezes humanas.
Antes de parecer boato e darem descrédito ao texto que escrevi há pouco tempo, quero salientar que o "e-mail passado a várias pessoas falando que na Activia tinha bactérias encontrada em fezes" não tem ligação com o escrito na wikipedia americana, tanto que aqui no Brasil aonde a ideia foi recentemente disseminada, no wikipedia não consta tal crítica. A não ser que tenha formado um boato lá nos Estados Unidos, todavia não é o que tenho acreditado.

Hoje encontrei um site que explica praticamente várias coisas da bactéria usada pela Activia. São comentários não ligadas a danone e também não ligada a críticos non-sense. Veja só, traduzi do bifidobacteriumanimalis.com!

Bifidus Actiregularis (com sinônimos: Bifidus Regulares, Bifidus Digestivum, Bifidobacterium Lactis, e suas variantes) são nomes que servem de marketing pela Danone para uma específica bactéria usada na Activia.

De acordo com uma resposta da Danon pelo Wristerious Blog, Bifidus Regularis ( e todas variações de Bifidus) é uma espécie proprietária de Bifidobacterium.

A fonte de Bifidus é de uma bactéria de intestino Bifidobacterium animalis, um tipo de bactéria encontrado nos intestinos de muitos mamíferos, incluindo humanos.

Actiregularis é uma palavra inventada. O nome da bactéria muda de país para país e com o tempo, para refletir diferentes estratégias de marketing e comportamento de consumidor. Uma sugestão para a mudança no reino Unido do nome da Bactéria Bifidus Digestivum/ Bifidus Actiregularis é que essa bactéria foi ridicularizada e se tornado uma desvantagem - faça uma busca no Google por Bifidus Digestivum para ver os resultados.

O nome correto cientificamente para a bactéria em questão é Bifidobacterium animalis DN 173 010.


Obs: Bifidobacterium animalis DN 173 010 da Activia é a mesma encontrada em fezes animais e consequentemente as fezes de humanos.


Contudo, eu não julgo nem um pouco sobre os benefícios dela para o intestino saudável.

10 comentários:

ballynha disse...

Ah é bom saber, porque nunca mais pensei em tomar.
Mas tem um problema, continua sendo uma coisa que há nas fezes...sei lá é estranho.

Trilhões de beijos!!

Mauro S disse...

Então, certas produtos devem ser deixados de lado... pela saúde!
Já deixei um tipo de leite, agora um iogurte, o que mais o consumidor vai ter que deixar pelo que as empresas escondem?
Só quero estar bem com a minha saúde.
Abraços, e valeu pelo post.

Denise disse...

ehehehehe mas é uma coisa hein... então estamos tomando bactérias intestinais... hehehehe
bjss

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

hehe isso mesmo...
mas vai me dizer que não é gostoso... e dá um certo alívio depois de tomar, hehe

Lidia Ferreira disse...

caracas , essa eu não sabia, vivendo e aprendendo! ecaaaaaa

ps - meu amigo obrigada pela frase que deixou no meu blog , pois temos algum em comum ,eu entro todos os dias no seu blog , pq aki tem de tudo , informação , videos, e o mais importante humor
quando a brincadeira esta tanto certo sim ,entra la no blog da http://elainegaspareto.blogspot.come de seu nome ,vai ter um sorteio,
quero que vc tenha um ótimo final de semana , se cuida hen
bjssssssss

Anônimo disse...

O melhor de tudo pessoal, é consumir quiabo, escarola, almeirão, fibra de trigo (este é ótimo e vende no mercado) é barato e só faz bem, do que comer estas porcarias que só gasta dinheiro!!!

Bjssssss

*julia* disse...

ainda bem que nunca tomei minha mae tomava mais em 2007 ela parou mais ainda bem que nem tomei senao ja era eu estava bebendo fezes eu ja sabia isso que tinha fezes que meu irmao e analasi e ele descobriu e minha mae ficou apavorada rsrrsrsrrs bjsss tchau bjsss

josi disse...

Eu acho sempre preferivel resolver esses problemas intestinais com fibras naturais...mas isto dessa bactéria ser de origem intestinal, ou seja, como o comentário que chama a atenção...de fezes humanas...Isso é óbvio...estudo foram feitos para descobrir que tipo de bactéria agia normalmente no intestino, e dai, descoberta, reproduzidas em laboratórios e inseridas em alimentos de gosto popular...
Isso não me faz achar que estou tomando junto com o iogurte, fezes humanas de outras pessoas...
Para provar que não estou querendo defender nenhuma marca famosa...queria lembrar que o que me incomoda é que essas bactérias são modificadas genéticamente para não reproduzir suas fímbrias que fariam com que elas se fixassem no intestino e que não havesse a necessidade de tomá-las diariamente.
Mas minha indignação ficou menor quando, expondo esse fato a meus alunos (fato esse que não afirmo (boatos))um deles me disse:
Professora, mas isso não é vendido como remédio para oferecer a cura.
Até certo ponto concordei.
Realmente, não temos esses produtos em farmácias...
Mas se fossemos informados disto, teríamos o livre arbítrio...
Josiane - Bióloga

Anônimo disse...

O que um bom post. Eu realmente gosto de ler esses tipos ou artigos. Eu não posso esperar para ver o que os outros têm a dizer.

natalia rocha disse...

Gente,N me levem a mal.Mas vcs consomem de vez em quando,querendo ou nao;coliformes fecais,pricipalmente quem,vai ao banheiro nao lava as maos direito(lavar direito nao significa com agua e sabao por 5 segundos),Quem tem habitos de roer unha(eu tenho)e Tbem qum gosta de alimento de rua,(eu adoro),e diariamante Stafilococcus aureus.
Entao,se a Bifidobacterium animalis DN 173 010,foi ultilizada de forma inteligente e facilita a vida de pessoas com problemas gastro-intestinais.Nao vejo porque fazer alarde.