domingo, 18 de outubro de 2009

Poema: Adsense sem chance

Fiz um poema sobre o que aconteceu comigo. Mesmo estando eu errado ou certo em alguns pontos:

Adsense: sem chance

Numa tarde entrei na minha conta adsense
foi pior que um filme de terror non sense
minhas acumulações de 10 meses foi-se embora
e tive minha conta banida, e agora?

Claro, fiquei triste com o ocorrido com o Adsense
Pois me parece que as vezes a desesperança vence
A frágil e efêmera acumulação se escoa
por um ralo indeterminado, sem chance.

E mesmo que falam pra eu ir adiante
com falta de motivação e errante
vejo que não tenho mais chance com o Adsense
E assim o blogueiro dá tudo a quem vence.

Douglas

5 comentários:

Srta.Lua disse...

Nossa! só de ler dá um nervoso!

já aconteceram outros casos!
e é chato acredito!
mas ó, o poema ficou bom!
bom final de semana! bjos!

chrisdark disse...

pô cara bola pra frente vai deixar a perca de muuuuuita grana te abater? volte a ser feliz sem o adsence, sem os links, seja feliz!
http://infortunio-dark.blogspot.com/

Thiago Almeida disse...

Adsense inspirando poema! rs...

Mas, concordo. Tanto que já abri mão disso!

TiO - ZéH disse...

Cara, lamento muito o acontecido e realmente nao da pra concordar com isso, tem uma irma minha que tem mais de 3.000.000 de acessos mais de 200 online, ta ganhando uma grana razoavel, se quiser conferir é so acessar pelo meu blog (espaço educar) mas acho que por aqui tudo tem jeito, vc pode transferir sua conta pra outro e-mail, colocar no nome de outro, etc...
Obrigado por sua amizade e desejo de coração que, apesar de ter perdido uma parte, vc possa recuperar daki por diante, pois o seu blog ja ta na boca do povo...
Deus abençoe e aquele abraço.

Denise disse...

Vixiii q nhaca hein... mas o poeminha ficou legal hehehehe
bjsss